RELATÓRIO DA DIRETORIA - EXERCÍCIO 2009

Sumário
1.        Atendimento
2.        Psicologia
3.        Recreação no Hospital  

4.        Mantenedores e Parceiros

4.1.     Padrinhos/Madrinhas

4.2.     Sócios Contribuintes

4.3.     Doadores Eventuais

5.        Captação de Recursos

6.        Administração e Finanças

6.1.    Quadro de Empregados

6.2.    Questões Legais e Registros

6.3.    Demonstrativo Sintético de Receitas e Despesas

6.4.    Balanço Patrimonial Sintético

 
  
1. Atendimento 

Ao longo do ano de 2009 a RESPONDER esteve presente na vida de cerca de 120 pessoas, 23 famílias, dando auxílio psicológico e financeiro, contribuindo para a geração de renda através de cursos profissionalizantes (dois cursos de cabeleireira, um de depiladora, um de banho e tosa de animais e três de informática); para a melhoria da moradia (3 casas foram reformadas); cidadania, através da obtenção de documentação; educação, incentivando o ingresso na escola, inclusive de pais analfabetos, e obtendo vagas em escolas da rede pública de ensino.

 

Iniciamos o ano de 2009 com 15 (quinze) famílias no Programa de Atendimento e 4 (quatro) famílias provisórias. Ao longo do ano analisamos cerca de 16 (dezesseis) processos provísórios e aprovamos o ingresso de 8 (oito) novas famílias em nosso Programa. Ainda, 2(duas) famílias atingiram seus objetivos e receberam alta e outras 2 (duas) foram desligadas falta de comprometimento dos assistidos.

Assim, terminamos o ano de 2009 atendendo 19 famílias.Veja no Relatório das Crianças Atendidas um pouco da história de cada uma delas. 

 

O Atendimento às famílias é realizado mensalmente em duas reuniões, uma coletiva com todas as famílias e outra individual e, para tal contamos com a ajuda de 4 (quatro) psicólogas voluntárias e 8 (oito) voluntárias de atendimento, além das 3 (três) assistentes sociais contratadas.

 

 
2. Psicologia 
 
O ano de 2009 foi para o Departamento de Psicologia da Responder – DEPSI, com suas Dinâmicas de Grupo mensais, atendimentos individuais e Terapia Sistêmica Familiar, um prosseguimento do trabalho já  implementado em 2008. 

As questões das famílias foram sendo trazidas aos nossos encontros e trabalhadas por nossa equipe através de técnicas já utilizadas anteriormente como, relaxamento, artes plásticas com cunho terapêutico, linguagem e ainda algumas outras técnicas como Psicodrama,o que nos permitiu uma observação maior do grupo quanto à integração e desenvolvimento. 

 
Pensamos nosso trabalho de Psicologia como o alcance de uma conscientização por parte das famílias,de suas potencialidades e capacidades para lidar com os  problemas do cotidiano, principalmente no que se refere à saúde de suas crianças.
Desse modo procuramos dar ênfase não só à questão da motivação individual e auto-estima, mas também trabalhamos por uma maior  integração nas  dinâmicas,  pois a partir de uma descentralização dirigida finalmente para à representação do grupo, obtivemos como desdobramento o fortalecimento do sujeito. 
Como suporte para esse trabalho, também lançamos mão da leitura de alguns textos oferecendo a possibilidade de interpretação de conteúdos outros, permitindo dessa forma a ampliação de seus universos de uma forma simples e harmônica mas  vinculando sempre que possível à reconstrução da subjetividade.
 

No decorrer de 2009 tivemos pois a certeza de estarmos no percurso de um longo caminho, mas que com um trabalho sistêmico de uma  equipe igualmente integrada,  poderemos estar junto à essas famílias oferecendo subsídios para que possam colocar sua subjetividade em movimento, sustentando-a no seu pensar, no seu dizer e no seu fazer.

 

 3. Recreação no Hospital
 
Desde 2008 fazemos a recreação na pediatria do Hospital Municipal Miguel Couto, de segunda à sábado, nos períodos da manhã e da tarde. Contando com a ajuda da voluntária Marcia Carpes, que coordena a recreação, e de outras 6 voluntárias, buscamos levar um pouco de alegria e brincadeira para as crianças internadas, dar uma folga para suas acompanhantes e, ainda, identificar as famílias que aparentam se enquadrar em nosso Programa de Atendimento.
 
Realizamos 4 (quatro) festas com o apoio da Equipe de enfermagem da pediatria - Páscoa, Festa Junina, Dia das Crianças e Natal e para tal contamos com a doação de animadores, feita pela Animasom  e de brinquedos, no dia da criança e Natal, feita pela Rozenlandia.
 
Em 2009 atravessamos inúmeras dificuldades. A falta de voluntárias, os surtos de doenças endêmicas e, principalmente, a péssima condição de manutenção da brinquedoteca fizeram com que o trabalho na recreação fosse bastante prejudicado. Contudo, no segundo semestre deste mesmo ano recebemos um maravilhoso presente dos arquitetos André Piva e Vanessa Borges:  a doação do projeto de reforma da brinquedoteca do Hospital Miguel Couto!
Este projeto de reforma esta praticamente concluído e, após aprovação pela diretoria do Hospital, iremos, com o auxílio de André Piva, buscar doadores de material e mão de obra.  
 
Diante da necessidade crescente de captarmos voluntários tanto para o Atendimento às famílias, quanto para a Recreação no Hospital, criamos o site Quero Ser Voluntário, em conjunto com a ASC Renascer, atual Saúde Criança, e a ASC Resolver.

 

 

4. Mantenedores  

Todos os recursos financeiros da ASC Responder foram provenientes de contribuições voluntárias de pessoas físicas ou jurídicas, não existindo qualquer repasse público direto para a Associação.

 

No ano de 2009 tivemos contribuições mensais (e algumas anuais) dos nossos sócios, contribuições mensais de nossos padrinhos/madrinhas e recebemos do Site de Relacionamentos Bolsa de Mulher, a expressiva doação de 17 toneladas de alimentos.

 

Para alguns doadores pessoas jurídicas, a Associação, na qualidade de OSCIP, emitiu recibos segundo a Instrução Normativa SRF nº 87/96, permitindo-lhes deduzir suas doações do lucro operacional.

 

Nutrimos nossos sócios e colaboradores de informações através de nossas newsletters trimestrais, de informativos sobre eventos, além dos conteúdos do nosso site.

 

Para nossos padrinhos/madrinhas, encaminhamos relatórios periódicos específicos sobre a situação de suas crianças e famílias.

 

Podemos agrupar nossos mantenedores em três categorias: padrinhos/madrinhas, sócios contribuintes, doadores eventuais.

 

4.1 - Padrinhos/Madrinhas

Os custos mensais para cada criança/família alteram-se na medida em que o Plano de Ação Familiar vai evoluindo. Estes custos são cobertos por padrinhos/madrinhas, que recebem relatórios periódicos sobre a evolução da criança/família.

 

Ocorreu uma redução no número de padrinhos/madrinhas. Chegamos a 14 em 31/12/08 para 19 crianças atendidas (mais 45 irmãos). É de ressaltar que algumas crianças/famílias têm custo mensal elevado, necessitando de até três padrinhos.

PADRINHOS/MADRINHAS         em dez 09

Ano

Quant.

Mensal

Contribuição

Média

Dez/06

7

640

91

Dez/07

26

2.505,14

96,35

Dez/08

18

2.183,86

121,27

Dez/09

14

1.952,00

139,42

Os padrinhos têm a opção de receber um boleto bancário de valor mensal pré-estabelecido, ou pagar diretamente ao fornecedor de cesta básica ou remédio, ou podem ainda efetuar as compras e entregar os produtos a Responder.   

 

4.2 - Sócios contribuintes

A contribuição do sócio destina-se ao custeio das despesas gerais (aluguel, salário da assistente social, telefone...) e a complementar as despesas com famílias que não sejam cobertas pela contribuição dos padrinhos. 

O quadro abaixo mostra a evolução havida: 

SÓCIOS              em dez 09

Ano

Quant.

Mensal

Média

Dez/06

21

1.680,00

80

Dez/07

34

2.610,00

76,76

Dez/08

30

3.270,00

109,00

Dez/09

40

5.937,32

148,43

 
4.3 - Doadores eventuais

Empresas, instituições e pessoas físicas têm feito doações ou propiciado momentos de coleta e bazares. Estes valores são os mais significativos do exercício. Toda a receita, não proveniente de padrinhos ou sócios, vem destes doadores eventuais (ver demonstrativo de receitas e despesas).

Tivemos contribuições financeiras provenientes de parcerias com as lojas Secrets de Famille (Campanha Secrets do Bem), a Rozelandia (Dia das Crianças com os macaquinhos e Natal com o livro “Planeta Água”), a Beth Chocolates (Caixa Responder); e também com o restaurante Market Ipanema.

 

Mantivemos nossas empresas parceiras com apoios regulares, sendo estas: Animasom, British School, Escritório Jurídico Elísio de Souza, IT Connect, Simplesmente, Rozenlandia e YGÁ Propaganda.

 

 

Em conjunto com a ASC Resolver, mais uma vez realizamos, com sucesso, a Campanha de Natal – No Seu Natal há Espaço para mais uma Criança? Com a ajuda de 117 padrinhos arrecadamos 124 Kits infantis, 58 Cestas básicas de Natal e 66 presentes para serem sorteados. E, em 22 de dezembro, com o importante apoio do Colégio Teresiano, Animason, Coca-Cola, Sorvete Itália, Mágico Siskine, Miriam Macedo Balões e alguns amigos da Responder, realizamos uma linda festa de Natal, transformando em sonho o natal das 124 crianças e suas famílias.

 

 

 

 

5. Captação de Recursos
 

Continuamos buscando oportunidades de doações ao longo deste ano.

 

Obtivemos a doação de duas amigas que optaram, em seu aniversário, por divulgar a RESPONDER e receber doações no lugar de presentes. O mesmo ocorreu com um casal que solicitou, aos convidados de seu casamento, que substituíssem os eventuais presentes por doações. Muito Obrigada!

 

Fomos agraciadas pelo evento de lançamento do Casa Cor, que incluiu a RESPONDER entre as instituições beneficiadas. Agradecemos ao BNY Mellon, à 3Plus e à Sra. Gloria Severiano Ribeiro.

 

Em Novembro 2009 estivemos no lançamento da coleção de verão 2010 da loja Adriana Barra.

 

 Participamos da festa de final de ano da British School, onde vendemos produtos criados por nós, e, em dezembro, do bazar de Miriam Rosana, onde parte do total arrecadado foi revertido para a RESPONDER.

 

Agradecemos ainda, mais uma vez, à Ciça Mattos e toda equipe do Bolsa de Mulher, Bettina da Secrets de Famille, Rafaella da Rozelandia e Beth da Beth Chocolates, por divulgarem e acreditarem em nosso trabalho, contribuindo para nosso crescimento.     

 
6 - Administração e finanças

 6.1 - Quadro de empregados 

A Responder manteve, ao longo de todo o período, o quadro de quatro empregados, como em dezembro de 2008. Destes, um desempenha a função de Secretário Executivo em regime de tempo integral e três desempenham as funções de Assistente Social, cada uma com carga horária semanal de 16 horas.

Além das obrigações sociais, que incluem vale transporte, todos os empregados estão protegidos por apólices de seguro de acidentes pessoais, em virtude dos constantes deslocamentos ao hospital e às casas das famílias assistidas.

6.2 – Questões legais e registros

Nenhum fato relevante ocorreu no exercício de 2009.

 6.3 - Demonstrativo sintético de receitas e despesas

       

Acumulado até

dez/07

dez/08

dez/09

Variação

 

 

 

 

%

RECEITAS

113.328,60

418.038,45

160.411,47

-61,63

   Rec. Doações

83.011,50

324987,33¹

53.360,01

-83,58

   Rec. Sócios e Padrinhos

23.924,08

73.867,55

75.253,60

1,88

   Venda de Bens/Serviços

5.001,85

0

0

   Renda Aplicações Financ.

1.391,17

19.183,57

31.797,86

65,75

 

                       

 

 

 

DESPESAS

48.656,14

152.257,16

163.137,47

7,15

   Pessoal

7.245,74

42.684,84

68.585,50

60,68

                     

 

 

   Despesas Gerais

27.324,72

46.926,07

56.241,36

19,85

   Manutenção Infraestrutura

22.911,55

34.028,58

40.839,39

   Despesas Bancárias

2.374,85

2.708,86

3.187,64

   Despesas com Serviços

795

4.755,88

9.820,25

   Despesas Tributárias

824,18

2.203,33

441,69

   Despesas Financeiras

0

1.807,79

-659,70

   Depreciação

419,14

1.421,63

2.612,09

                      

 

 

 Despesas Assistenciais

14.085,68

62.646,25

38.310,61

-38,85

    à Criança

 

 

                       

 

 

 

   Resultado do Período

64.747,69

265781,29¹

-2.726,00

-101,00

 

 

 

 

 

 

           (¹) Em 2008 ocorreu doação excepcional de R$ 245.000,00, o que prejudica a

                  a comparação dos resultados 2009/2008. Sem ela, os resultados de 2008

                  teriam sido de R$ 20.781,29

 

6.4 – Balanço Patrimonial Sintético   

2007

2008

2009

ATIVO TOTAL

92.750,44

368.447,21

363.883,30

Circulante

89.617,62

356.878,02

352.447,20

Disponibilidades

88.617,62

355.933,05

346.256,22

Caixa

0

0

0

Fundo Fixo

0

1.000,00

0

Bancos Cta.Movimento

12.346,46

25.984,60

15.516,50

Aplicações Financeiras

76.271,16

328.948,45

330739,7

Adiantamentos

1.000,00

944,97

6190,98

Imobilizado

3.132,82

11.569,19

11.436,10

 

 

 

 

PASSIVO TOTAL

92.750,44

368.447,21

363.883,30

Circulante

1.314,32

11.229,80

9.391,89

Salários e Encargos a pagar

90,48

8.645,04

1265,34

Provisões Trabalhistas

557,28

2.589,76

7110,7

Provisões tributárias

46,44

0

0

Créditos de Terceiros

620,12

0

95,85

Patrimônio Social

91.436,12

357.217,41

354.491,41

Superavit Acumulado

91.436,12

357.217,41

354.491,41